quinta-feira, 29 de maio de 2008

may it be

Primeiramente, obrigada amado amigo e xará. Sabes, esta história de "invasaum" me trouxe riso por alguns segundos e boas lembranças. E a poesia... Lembro-me de quando voltamos a nos falar (quando ganhei um computador que funcionava). Eu disse mais ou menos assim: "Não te lembras como conversávamos?". Bom que tenha lembrado. E a respeito dos comentários sobre a poesia : Gostaria muito ! hahahaha.

Pois bem, mais uma noite sem dormir. Mas li algo :

O Problema Palestino

Vamos esclarecer essa história do problema palestino.

1. Os palestinos sempre viveram na Palestina.

2. Os palestinos não invadiram a Europa.

3. Os palestinos não provocaram a Segunda Guerra Mundial.

4. Os palestinos não têm nada a ver com o Holocausto.

5. O Holocausto é um produto ocidental.

6. Os judeus são um problema do Ocidente.

7. Os judeus sofreram racismo no Ocidente.

8. Se os ocidentais têm problema de consciência, isso não lhes dá o direito de ceder uma terra que não lhes pertence.

9. Os judeus nunca foram discriminados pelos palestinos.

10. Os judeus invadiram a Palestina.

Portanto o que existe é um problema israelense e não um problema palestino.


Georges Bourdoukan
(Revista Caros Amigos, maio 2008)


(risos)

3 Comments:

Sir DarkHeart said...

"6. Os judeus são um problema do Ocidente."
HUIEhuieHUIEHuheUEHIuhEIUhEIuhEUhiueheIUheUIheIUhEIUhe
perfeito Huiehuiheiuheiuheuie u.u'

que phoda. Pior que isso tudo é verdade. Mas para o ocidente é conveniente matar mais uns muçulmanos ^^

pois bem. lembrei sim, lembrei e aperfeiçoei HUheuuehuehuheue
ya, comentemos mais tarde sobre a poesia ;)

Gavri'el'a said...

Maravilha! Ótimos argumentos. Concordo mesmo.

Chantinon said...

Infelizmente (bota infelizmente nisso) não é tão simples assim.
Naquela região nenhum dos povos são santos.
Tudo piorou muito depois do petróleo ser descoberto. Mas dá uma olhada no passado... Nunca ouve paz naquele lugar.
Na Africa e no Oriente médio os povos se matam e já nem sabem mais qual o motivo, nem precisam de motivos.
E vale lembrar que boa parte do povo é pacífico e não aprova essas lutas, mas um punhado de líderes que no máximo planejam quem vai morrer são os verdadeiros responsáveis. E claro, o ocidente ganha dinheiro vendendo as armas e comprando o petróleo.
Se você escutar o argumento dos dois lados, vai terminar achando que os dois tem razão, mas na verdade todos estão só continuando os erros do passado.

Uf! desculpa o comentário gigante :)